Odontopediatria

A odontopediatria atua exclusivamente na prevenção de patologias orais de crianças, adolescentes e pacientes com necessidades especiais. Uma outra função desta especialidade é ajudar a criar uma relação psicológica com a criança e um ambiente favorável que elimine o pânico do dentista e favoreça a prevenção e tratamento das doenças dentárias, que aplicamos na nossa clínica dentária. O acompanhamento do desenvolvimento dos chamados “dentes de leite” é fundamental para assegurar corretas funções fonéticas e de mastigação, assim como diagnosticar e prevenir precocemente potenciais problemas.

A primeira consulta

A primeira consulta deve ser realizada aquando da erupção do primeiro dente com o intuito de observar o estado de saúde oral da criança, bem como informar os pais sobre atitudes preventivas, detetar hábitos nocivos e elaborar um programa de consultas adequado à necessidade de cada criança.

Frequência das consultas

A frequência das consultas de Odontopediatria varia de criança para criança, sendo  recomendado pelo menos de 6 em 6 meses

Dentição decídua

Os primeiros dentes de leite erupcionam entre os 6-8 meses de idade e até aos 2-3 anos devem nascer os 20 dentes de leite. Há variações cronológicas individuais consideradas normais, no entanto, se até ao 1º ano de IADE não nascer nenhum dente a criança deve ser observada por um Odontopediatra. Normalmente a erupção dos primeiros dentes causa algum incómodo e aumento da salivação.

O bom estado da dentição decídua é fundamental para manter o desenvolvimento normal da criança a nível estético, mastigatório, manutenção de espaço para o nascimento dos dentes definitivos, estimulação do crescimento dos maxilares, fala, deglutição e respiração

Dentição definitiva

A mudança de dentes normalmente ocorre em duas fases: entre os 6-8 e entre os 10-12 anos de idade. A dentição definitiva é constituída por 32 dentes (caso erupcionem os dentes do siso).

Como controlar o medo do dentista?

O nosso objetivo nas consultas é criar um ambiente mágico, desenvolvendo uma atitude positiva e motivadora, quer nas crianças quer nos pais. Com a ajuda da nossa Frederica, cada consulta torna-se num momento inesquecível de diversão e conforto!

No entanto, em casos mais especificos, quando este medo é mais intenso e dificil de controlar, é possivel recorrer à Sedação consciente, que é uma técnica não invasiva e totalmente segura dediada a este tipo de situações. Trata-se da inalação de protóxido de azoto através de uma máscara. Acalma o paciente, mantendo-o acordado mas menos ansioso e mais relaxado durante a consulta. 


Periodontologia


Ortodontia

Marque já a sua consulta


Marcar Consulta

Equipa de Odontopediatria

Dra. Mariana Gomes

Dra. Renata Correia